Joe Dassin – Et si tu n’existais pas

Et si tu n’existais pas, Dis-moi pourquoi j’existerais. Pour traîner dans un monde sans toi, Sans espoir et sans regrets. Et si tu n’existais pas, J’essaierais d’inventer l’amour, Comme un peintre qui voit… Continuar a ler

NOVAS OPORTUNIDADES

“O homem nasce bom e a sociedade corrompe-o” – Jean Jacques Rousseau Sexta-feira, 13 de Fevereiro…nunca esquecerei este dia! Dia este em que me fizeram sentir especial, tornando-o um dos mais felizes e… Continuar a ler

RAISON D’ÊTRE- Dream’s Essence

Estou além

Não consigo dominar Este estado de ansiedade A pressa de chegar P’ra não chegar tarde Não sei de que é que eu fujo Será desta solidão Mas porque é que eu recuso Quem… Continuar a ler

THE STRANGLERS: CINE – BATALHA, 31 DE JANEIRO 2009

    Porto… uma tarde digna de um Inverno inglês… o lançamento de uma revista cuja temática é subordinada ao “DESEJO”…uma viagem de barco através do Douro…navegação digna de ser retratada através do… Continuar a ler

A NOSSA NECESSIDADE DE CONSOLO É IMPOSSÍVEL DE SATISFAZER

“ SEM FÉ, ouso pensar a vida como uma errância absurda a caminho da morte, certa. Não me coube em herança qualquer deus, nem ponto fixo sobre a terra de onde algum pudesse… Continuar a ler

City Symphony Tradition

The Man With the movie Camera O presente texto serve de reflexão à posteriori do Workshop de Documentário Interactivo, (Uma rede de retratos urbanos inspirados nos “filmes-sinfonia” da era do cinema mudo) realizado… Continuar a ler

Gnosticismo Tecnológico: (Imaginário Cibercultural)

Desde há muito tempo que a reflexão em torno da Tecnologia conduziu a um manancial de teorias de racionalização e até de desencanto, (Tecnofobia), a minha questão fundamental é:Existe uma “afinidade electiva” entre… Continuar a ler