O Arranca Corações # 236 “Musica Femina II”

Na madrugada de Sábado para Domingo, dia 09 de Abril, da 01:00h às 02:00h da manhã, vai para o ar mais uma emissão d’O Arranca Corações.

BG_230108_1

Lene Lovich by Brian Griffin

Eis o segundo programa da rubrica Musica Femina, um espaço mensal para a divulgação da música criada no Feminino. Nesta emissão vamos destacar um conjunto de artistas verdadeiramente ímpares: Mercenárias (banda originária de São Paulo, formada em 1982 pela baixista Sandra Coutinho, pela vocalista Rosália Munhoz e ainda pela guitarrista Ana Machado. A componente lírica da banda assentava numa acérrima crítica ao governo e à sociedade brasileira da época. A sua sonoridade é constantemente comparada com Siouxsie and the Banshees, Joy Division, Sex Pistols, mas principalmente com The Slits), Flaming Hands (banda australiana, Sydney, liderada pela vocalista Julie Mostyn. Vamos aqui revisitar o seu álbum homónimo de 1984), Jarboe (a outra metade dos primeiros Swans dispensa qualquer tipo de apresentação. Nesta emissão o destaque vai para o álbum “Dreams”, de 2013), The Creatures (a banda de Siouxsie Sioux e Budgie, activa desde 1981 a 2005 e que se caracterizou por um cruzamento de géneros desde a exótica ao art rock. Em 1999 estiveram no Coliseu do Porto, pelo que aqui evocaremos a memória desse concerto ao som do seu primeiro álbum, “Feast”, de 1983), Lene Lovich (a cantora norte-americana, de origem sérvia e inglesa. Vamos aqui revisitar o seu segundo álbum, “Flex”, de 1979), Gudrun Gut (a diletante que no decurso dos últimos 30 anos tem estado na vanguarda da cena musical berlinense. Integrou a primeira encarnação dos Einstürzende Neubauten e foi um dos membros fundadores dos projectos Mania D, Malaria! e Matador. Mentora das editoras Monika Enterprise e Moabit Musik, também já passou pela rádio, apresentando o programa semanal Oceanclub em conjunto com Thomas Fehlmann. O seu disco de estreia em nome individual (e único até à data) intitula-se “I Put a Record On”, foi editado em 2007).
Os meus caros ouvintes podem acompanhar a transmissão do programa através da seguinte rede de emissores FM: 89.2 FM  (Grande Porto), 94.8 FM  (Oeste), 96.0 FM  (Ribatejo), 105.6 FM  (Alentejo), ou em http://www.golo.fm/dnh.

golo-fm2

Golo FM faz bater mais forte o coração da música independente!