O Arranca Corações # 225 “Phill Niblock”

Na madrugada de Sábado para Domingo, dia 22 de Janeiro, da 01:00h às 02:00h da manhã, vai para o ar mais uma emissão d’O Arranca Corações.

phill-niblock-26-janeiro-2017

Cartaz por Ana Carvalho

O norte-americano Phill Niblock actuará no próximo dia 26 de Janeiro, pelas 22h00, no Cinema Passos Manuel, no Porto.
Phill Niblock é um artista Intermédia norte-americano cujo trabalho se encontra disseminado por várias áreas, tais como: criação musical assistida por computador, música, cinema, fotografia e vídeo. Desde os meados da década de 1960 que Niblock compõe música densa para ser escutada em alto volume. As suas criações musicais, compostas de drones preenchidos por microtonalidades de timbres instrumentais expandem-se, gerando novos tons assim que tocados em concerto. Paralelamente, no âmbito das suas performances sonoras, Phill Niblock recorre a filmes / vídeos ilustrativos do movimento das pessoas a trabalhar, bem como imagens digitais abstractas a preto e branco, que flutuam através do Tempo.
Exerce ainda, desde 1985, funções de director da Experimental Intermedia Foundation (EI) em Nova Iorque (<http://www.experimentalintermedia.org/&gt), instituição da qual é membro/artista desde 1968. É produtor de música e eventos Intermédia na EI desde 1973 (com cerca de 1000 performances). É também o curador da editora XI Records. Em 1993 integrou a criação de uma organização Experimental Intermédia em Gent, na Bélgica – EI v.z.w. Gent – instituição que tem por missão promover residências artísticas e exibir instalações.
O seu trabalho já foi apresentado por todo o mundo, em locais como: The Museum of Modern Art; The Wadsworth Atheneum; KitchenParis Autumn FestivalPalais des Beaux Arts, Bruxelas; Institute of Contemporary Art, Londres; Akademie der Kunste, Berlim; ZKMCarpenter Center for the Visual Arts at HarvardWorld Music Institute at Merkin Hall NYC. A música de Phill Niblock encontra-se disponível através das editoras: XIMoikaiMode e Touch. Os DVD’s dos seus filmes estão disponíveis através da editora Extreme. Em 2014 recebeu o prémio John Cage, atribuído pela Foundation for Contemporary Arts.

Os meus caros ouvintes podem acompanhar a transmissão do programa através da seguinte rede de emissores FM: 89.2 FM  (Grande Porto), 94.8 FM  (Oeste), 96.0 FM  (Ribatejo), 105.6 FM  (Alentejo), ou em http://www.golo.fm/dnh.

golo-fm2

Golo FM faz bater mais forte o coração da música independente!