Bibliofilia # 21 “Terra de Sonhos”

21-terra-de-sonhos

“Terra de Sonhos”, de Jiro Taniguchi, Levoir / Público, 1ª Edição, 2016. Traduções de José H. de Freitas e Shinji Iwaoka. Título original, “Inu o Kau”.

Jiro Taniguchi (1947) é o único autor japonês a ganhar dois prémios em Angoulême (Melhor Argumentista, em 2003 e Melhor Desenhador, em 2005),  o mesmo festival que em 2015 lhe dedicou uma grande exposição. Antes de se dedicar á sua verdadeira vocação, até à década de 1970, trabalhou como empregado de escritório.
Quatro das histórias presentes neste volume assumem rasgos autobiográficos: “Ter um cão”, “E agora…um gato”, “A vista do jardim” e “Alguns dias a três”. A última história, “A Terra Prometida”, lida com a paixão de um alpinista, que abandonou os seus sonhos em troca da família. Redescobrir a pureza esquecida das coisas simples, pode bem ser a frase que resume a magia que percorre estas 176 páginas.

Banda sonora ideal para acompanhar a leitura: Merzbow, “Wildwood” (2015).