Bibliofilia # 19 “Venomous Woman: Fear of the Female in Literature (Contributions in Women’s Studies)”

19-venomous-woman-fear-of-the-female-in-literature-contributions-in-womens-studies

“Venomous Woman: Fear of the Female in Literature (Contributions in Women’s Studies)”, de Margaret Hallissy, Greenwood Press, 1987.

Uma pesquisa preliminar com vista à redacção de um artigo sobre Erzsebet Bathory levou-me – ainda que por linhas travessas que nada têm a ver com esta personagem – à leitura desta obra. O livro Venomous Woman, publicado pela primeira vez em 1987, consiste numa daquelas publicações que são o resultado final de morosas investigações académicas, com direito a licença sabática e tudo.
A autora, Margaret Hallissy, professora de Inglês na Long Island University, explora ao longo deste trabalho um complexo de ideias de pendor misógino acerca das mulheres envenenadoras, concluindo que esta figura “arquetípica” é uma imagem do poder feminino reflectido no medo evidenciado no sexo oposto. A literatura medieval (particularmente em França, Grã-Bretanha, e na Alemanha), o Teatro Elizabeteano em Inglaterra, assim como as literaturas inglesas e norte-americanas do século XIX, evidenciam um profundo interesse por esta figura. Em suma, Venomous Woman: Fear of the Female in Literature é um livro que interessará particularmente aqueles com interesse nos Estudos sobre as Mulheres, bem como aos estudiosos da Literatura em geral.