Rien Ni Personne (a french compilation)

“The way in which I create myself is by means of a quest. I go out into the world in order to come back with a self.”

Mikhail Bakhtin

Rien ni Personne

Jovens (em idade, mas principalmente em espírito), estais cansados do monótono ciclo futebolístico que por estes dias tomou conta da capital gaulesa (e arredores)? Então deixai que vos recomende uma colectânea verdadeiramente “pantagruélica” (Perdoai-me a adjectivação. Lembrai-vos que Rabelais também era francês). A compilação “Rien Ni Personne” foi editada no passado dia 22 de Maio pela netlabel La Nostalgie de la Boue, e integra nomes como Marc Hurtado (uma das metades dos lendários Étant donnés, que também já participou numa compilação editada por este mesmo blogue em conjunto com a EdP – Editora do Porto) Le Syndicat, Vox Populi!, Klimperei, e Klaus Legal, apenas para nomear alguns dos 91 artistas participantes.
Esta edição é sem sombra de dúvida um excelente guia introdutório à cena musical francesa de contornos obscuros. Altamente recomendável para os apreciadores da prosa de Lautréamont, dos cantos célinianos, ou até do hinário de Gérard de Nerval.“Rien Ni Personne” pode ser descarregada de forma totalmente gratuita e legal AQUI.
Eu já reservei 1 GB da memória do meu andróide. E vós!?