O Arranca Corações # 194 “Solstício de Verão”

“Radius solis, et si cum stercore conversatur, purus manet.”
[O raio solar, embora toque na imundície, fica puro.]

Manuel Bernardes, “Nova Floresta, ou silva de vários apophtegmas e ditos sentenciosos, espirituais e morais, com reflexões em que o útil da doutrina se acompanha com o vário da erudição, assim divina como humana”

Na madrugada de Sábado para Domingo, dia 19 de Junho, da 01:00h às 02:00h da manhã, vai para o ar mais uma emissão d’O Arranca Corações.

01 Frans Masereel. The Sun. 1919.

Frans Masereel, “The Sun”, 1919.

A próxima emissão deste programa decorrerá em modo pré-solsticial. É que nós por cá gostamos de prestar tributo à procissão cíclica das estações, perenes regentes do cosmos e outorgadoras da Ordem necessária. A respectiva selecção musical conta com nomes bem interessantes, nomeadamente: o sociólogo Paquete de Oliveira (falecido no passado dia 11 deste mês), numa entrevista a João Peste Guerreiro, efectuada em 1986. Aproveito para dar nota de que esta mesma entrevista foi o “tema” de abertura da primeira emissão d’O Arranca Corações, transmitida a 23 de Setembro de 2012; Sturqen (a dupla portuense, que acaba de editar o álbum “Cura” pela ucraniana Kvitnu Records); ∆TILLL∆ (heavy electronics made in Porto, aqui em toada apocalíptica, numa cover genial de NON); BØDE (uma incrível fantasmagoria de contornos black metal proveniente de Coimbra); e ainda Positive Centre (a aventura dark ambient de Michael Jefford, artista radicado na cidade do Porto).
Elencado que está este soberbo leque de artistas, resta-me apenas usurpar as palavras de Paquete de Oliveira, que tomando como referência um texto de Pier Paolo Pasolini, afirmava que “(…) o Fascismo das Ditaduras Culturais será aquele […] que, à escala mundial, […] se caracteriza pelo aumento progressivo de hordas selvagens, cada vez mais ignorantes e analfabetas”. Perfeitamente actual, não concordam!?
Os meus caros ouvintes podem acompanhar a transmissão do programa através das seguintes frequências de transmissão da NFM, ou então, se assim o preferirem, através da emissão online.

frequc3aancias-nfm

A Rádio NFM faz bater mais forte o coração da música independente!