Eis o “Uranogénio ou o Céu terrificado”!

«It seems that are dark corners in us that tolerate only a flickering light».

GASTON BACHELARD

agrippa-rays-of-light (1)

(…) O jogo da noite e da luz, os jogos de luz e das sombras, são aspectos superficiais e passageiros que não perturbam muito o conhecimento dos objectos. O facto de serem alternados retira-lhes, como atestam os filósofos, o carácter causal.

É nosso objectivo observar o observador, a fim de vislumbramos os princípios de uma observação valorizada, ou seja, a partir dessa observação hipnotizada, que é sempre a observação das massas. Como tal, afigura-se-nos como de capital importância colocarmo-nos numa Zona Objectiva Impura, ou seja nas fronteiras do Sagrado e do Profano. Entendemos que em vez de se extasiar, o Pensamento, deve motejar. Sem esta vigilância hostil jamais será possível a adopção de uma atitude verdadeiramente objectiva, afastada da tentação das respostas tautológicas e dos lugares comuns. Ousamos, ainda assim, trilhar os domínios da contradição ao apropriarmo-nos das palavras que Goethe terá, supostamente, proferido no seu leito de morte: «MEHR LICHT!» (…)

― André Fonseca & Júlio Mendes Rodrigo

Júlio Mendes Rodrigo & André Fonseca2

Na cidade de Braga, no último dia da Shemittah, ano 5775 após a Criação (também dia de eclipse solar parcial, apenas visível no sul da África, no sul do Oceano Índico e na Antárctida. Foi o eclipse número 54 na série Saros 125 e teve magnitude 0,7875) a dupla, André Fonseca & Júlio Mendes Rodrigo, apresentou a instalação/performance “Sacrum Fulgor”.

“Sacrum Fulgor” não teria sido possível sem o apoio das seguintes entidades, às quais dirigimos os nossos mais sinceros agradecimentos: Fundação Bracara Augusta, Câmara Municipal de Braga, Sé Catedral de Braga, F-Som. Aproveitamos este ensejo para agradecer ainda aos seguintes indivíduos: Luís Passos, Tó Maia, Eduardo Maltez, Jorge Ferreira, Ana Carvalho, Miguel Marques, Sr. Lopes e Sr. Carlos (ambos colaboradores da Sé Catedral de Braga). Um último agradecimento é dirigido aos seguintes voluntários da Noite Branca Braga 2015: Bruno Alcaide, Tânia Oliveira, Ana Teixeira, Francisco Veiga, Leandro Costa, Paulo Silva, Mário, Henrique, Sílvia Braga.

GRATIA!

Sacrum Fulgor_Sé Catedral de Braga