O Arranca Corações # 152 “Bodhisattva”

Na madrugada de Sábado para Domingo, dia 30 de Agosto, da 1h às 2h da manhã, vai para o ar mais uma emissão d’O Arranca CoraçõesMan Ray, Untitled (Mannequin with Cone and Sphere), 1926.

Man Ray, Untitled (Mannequin with Cone and Sphere), 1926.

Nesta emissão daremos destaque aos seguintes artistas:

Morte Botânica: projecto de música experimental, de Eduardo Cardoso, que utiliza a arte, a poesia e o ruído como recursos para a construção de arquitecturas cacofónicas;
Augen: projecto musical de Gabriel Mendes. Escutaremos “Bigger Picture”, um tema que integra a compilação que celebra o terceiro aniversário da editora Spiritech;
(dell​.​tree) + Metek: colaboração entre o brasileiro (dell.tree) e o sueco Nilsson Metek, o qual combina elementos de duas culturas bem distintas numa amálgama sónica. Nas palavras da EdP – Editora do Porto: “Tropicalismo sci-fi para multidões dispostas à aventura”;
Rarareruri ou Eva Neves Pereira, jovem “one woman band” que faz uma excelente mistura da realidade com um mundo virtual, invadindo-nos de uma forma tão suave quão o ar que respiramos. Com uma voz doce e inocente que nos faz recordar dos nossos tempos “irresponsáveis” e de um mundo preenchido de sonhos das mais variadas cores e feitios. Ideal para os admiradores da islandesa Björk Guðmundsdóttir.
No decurso desta emissão haverá ainda espaço, e tempo, para as composições de Victor Afonso, aliás Kubik. Deste explorador sónico português iremos escutar integralmente o seu registo “Music For Trevor Reznik”. Constituído por 6 temas “Music For Trevor Reznik” é um EP de Kubik que vai beber muita da influência ao imaginário do cinema e das imagens. Todos os temas remetem, de uma forma ou de outra, para referências cinéfilas e caberá ao ouvinte descortiná-las e estabelecer relações entre elas. Trevor Reznik é o nome da personagem interpretada por Christian Bale no filme “O Maquinista” (2005) de Brad Anderson. Reznik é um ser escanzelado que sofre de insónias kafkianas e que procura um sentido para a sua atormentada e quase espectral existência. Os seis temas de “Music For Trevor Reznik” – feitos de electrónica fragmentada – poderiam servir de banda sonora para um filme alucinado passado na cabeça de Trevor Reznik.

Os meus caros ouvintes podem acompanhar a emissão  do programa online, ou então através  das seguintes frequências de transmissão da  NFM.

frequc3aancias-nfmA Rádio NFM faz bater mais forte o coração da música independente!