-Orbi-ta- Nº01 | Golden Diskó Ship |

 rua do SOL 172 – Galeria, Rua Duque de Loulé, 206 – Porto

orbitaCartaz por André Fonseca

Esta será a primeira apresentação no Porto de Golden Diskó Ship, aliás Theresa Stroetges, multi-instrumentista e artista visual radicada em Berlim. Nas suas actuações ao vivo, Theresa, encarna o papel de OneGirlOrchestra, veiculando assim paisagens sonoras de contornos oníricos, moldadas a partir de delicadas linhas melódicas impregnadas de um sentimento de doce nostalgia e contrabalançadas por uma amálgama de distorção e feedback. Estas composições, que evocam cenários visionários próprios de um sonho lúcido, têm sido bastante aclamadas pela crítica especializada, na medida em que constituem um cruzamento inteligente entre a música electrónica e acústica.
O seu primeiro álbum, Prehistoric Ghost Party, foi produzido no lendário Faust Studio, “quartel – general” da editora Klangbad. Alguns dos seus temas foram também editados em colectâneas como: Monika Enterprise’s City Splits # 1 e The Wire Tapper’s June 2012.

http://www.goldendiskoship.com/info.html

Com tributo a 3 SOIS argênteos

Co-produção: ANDRÓMEDA – Agenciamento & Produção | Pé Direito
Apoios: CONFEDERAÇÃO – Colectivo de Investigação Teatral, Die Elektrischen Vorspiele, Rua do Sol 172

cosmos_body_wholeness_foundationcopy

-Orbi-ta-

Iniciativa de carácter cintilante. Intempestiva e de periodicidade indefinida.
Concepção: as mentes “alumbradas” de André Fonseca e Júlio Mendes Rodrigo.
Objectivo: deambular pelas veredas do PENSAMENTO, da ACÇÃO e da CONTEMPLAÇÃO.