O Arranca Corações # 131 “Po-ex.net: À Conversa com Rui Torres”

«Trata-se de uma regra tradicional que a tradição esquece, quando perde o dinamismo sobre que assenta. Porque a tradição é um movimento. Em princípio, não existe nenhum trabalho criativo que não seja experimental, nesse sentido de que ele supõe vigilância sobre o desgaste dos meios que utiliza e que procura constantemente recarregar da capacidade de exercício. A linguagem encontra-se sempre ameaçada pelos perigos da inadequação e invalidez. É algo que, no seu uso, se gasta e refaz, se perde e ajusta, se organiza, desorganiza e reorganiza – se experimenta. Como diria um poeta, essa é a própria lição das coisas
Herberto Hélder

Na madrugada de Sábado para Domingo, dia 05 de Abril, da 1h às 2h da manhã, vai para o ar mais uma emissão d’O Arranca Corações.

poex_logoNesta emissão teremos em estúdio um convidado muito especial, de seu nome Rui Torres.
Nascido no Porto em 1973, Rui Torres estudou Comunicação, Semiótica, Literatura e Hipermédia: Licenciado em Ciências da Comunicação (UFP, Porto); M.A. e Ph.D. em Literatura luso-brasileira (UNC-Chapel Hill, E.U.A.); Pós-doutoramento como Bolseiro da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (COS – PUC/SP, Brasil); Agregação em Ciências da Informação – Estudos Multimediáticos (UFP, Porto).
É Professor Associado com Agregação na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Fernando Pessoa, Porto. Actualmente lecciona Comunicação Digital e Hipermédia; Comunicação e Conteúdos para Multimédia; e Análise Semiótica.
É também o autor dos livros electrónicos ‘Poemas no meio do caminho’ (2012); ‘Herberto Hélder Leitor de Raul Brandão’ (2010); e ‘Amor de Clarice’ (2005), tem ainda trabalhos de literatura electrónica (poesia digital) publicados na Electronic Literature Collection da ELO e na ELMCIP Anthology of European Digital Literature:
Rui Torres, criou e coordena o Po-ex.net – Arquivo Digital da Literatura Experimental Portuguesa, projecto acerca do qual estaremos à conversa numa emissão acompanhada por algumas composições incontornáveis de John Cage.
Em suma, uma emissão a não perder!
Os meus caros ouvintes podem acompanhar a emissão  do programa online, ou então através  das seguintes frequências de transmissão da  NFM.

frequc3aancias-nfmA Rádio NFM faz bater mais forte o coração da música independente!