Sudden Cry

Sudden Cry is our nest project on Child Prostitution. A real course to the society. Little girls are abducted and given regular dosage of Oxytocin hormone to drug them into puberty and sold them as prostitutes. At an age where girls should be going to school, laughing, singing and dancing. A GIRL CAN BE SAVED. Yes you can make the difference. We are low budget filmmakers completing the project in, 10.000$ only. We are seeking donations from 1000$  up to the entire funding of the project. Patrons will be part producers in credits and profits of the film. We’ll appreciate any help given to the project. “

Pankaj Purohit

sudden

É do conhecimento geral que a Etnografia de Salvaguarda consiste numa ramificação da sua ciência mãe que é, obviamente, a Etnografia. Este ramo tem por base de acção a salvaguarda de registos daquilo que resta de uma cultura antes que a mesma desapareça. Falamos aqui de vestígios de índole material, mas também de ordem imaterial, obviamente. A Antropologia utilizou-a com bastante proveito, mercê da influência do alemão, posteriormente naturalizado norte-americano, Franz Boas (1858 — 1942).
A partir da década de sessenta do século passado verifica-se também em Portugal um crescente interesse em torno da Antropologia (De facto, devido à sua vasta extensão ultramarina, só foi pena que anteriormente não tivessem existido mais vultos da envergadura de um Benjamim Pereira ou até de um Mendes Corrêa). Ainda assim, mercê da intensa actividade de alguns cineclubes, nesta mesma década, algumas mentes mais inquietas têm a oportunidade de visionar nas telas alguns dos melhores exemplos de cinema documental de cariz etnográfico produzido até à data. Refiro-me aos nomes de Jean Rouch, bem como ao “velhinho” Robert Flaherty, apenas para citar dois exemplos. Nessa década é ainda possível, através da actividade desses mesmos cineclubes, assistir-se à projecção de alguns dos expoentes máximos da vanguarda soviética, como aqueles que se inserem dentro da feliz designação de “kinopravda”, ou seja, cinema-verdade. Em Portugal, destaca-se o nome do cineasta António Campos, que filma a aldeia de Vilarinho das Furnas antes da mesma ser submersa, dando início à prática da antropologia visual alicerçada numa perspectiva de salvaguarda.
Dentro deste modelo de Etnografia de Salvaguarda, no meu entendimento, também pode ser enquadrado o filme “The Belly of the Tantra”, realizado pelo director indiano, Pankaj Purohit.  Este filme constitui um retrato fiel de uma seita religiosa Hindu, os Aghori, cujos rituais sagrados incluem o consumo de carne humana. Em Novembro de 2013 tive a oportunidade de conhecer o realizador indiano. Desse encontro resultou uma curta entrevista que pode ser visualizada AQUI.
No entanto o âmbito desta entrada tem por objectivo noticiar a existência de um novo projecto cinematográfico por parte deste realizador indiano. “Sudden Cry” é um projecto imbuído de uma enorme consciencialização social dado que propõe revelar umas das faces mais negras da India, a prostituição infantil. Desta vez não se trata aqui de salvaguarda, mas sim de combater uma das faces mais ignóbeis da Humanidade. Neste caso o aproveitamento de pessoas mais desfavorecidas com o intuito de satisfazer a volúpia de alguns pseudo-antropos, (e estou a ser comedido nas minhas palavras!). “Real Man Don’t Buy Girls!”, essa é que é a verdade!
Mais informações sobre este filme podem ser obtidas através da página FB do mesmo, AQUI.