Turen til Squashland: En Super Pølse Film

O título desta curta-metragem realizada em 1967 quando vertido para inglês pode ser traduzido da seguinte forma, “The Trip to Squash Land: A Super Sausage Film”.
Pois bem, o carácter inusitado desta entrada é o facto da mesma servir para dar notícia do seguinte facto: A experiência cinematográfica em questão (uma animação em “stop motion”), foi realizada por um então muito jovem Lars Trier, na altura com 11 anos de idade, apenas. (O Von só foi acrescentado mais tarde. )

Lars3_1310108403_crop_550x408“For Satan’s sake be prepared to take Good with Evil.”

Na maior parte dos artigos disponíveis online sobre este filme, constata-se a preocupação de se fazer uma exegese de toda a obra posterior do realizador dinamarquês com base neste devaneio realizado numa fase em que nem sequer se pode falar de Juvenilia, mas sim, ainda, de Infantilia. Não me parece, pois, que os escribas em questão tenham razão em procurar nesta pequena obra-prima prenúncios dos tópicos (de morte, efectivamente = Eros e Tanatos) que mais tarde perpassam por muita da sua produção cinematográfica. A menos que, obviamente, esses escribas exerçam a muito nobre arte da Psicanálise. Lamentavelmente, não me parece!