ICELAND – Happy B day!

Por mera coincidência estava agora mesmo a escutar o álbum “Mother Europe” dos croatas Jasterb, quando me lembrei de ir remexer em arquivos antigos, à procura das fotos tiradas aquando da minha viagem à Islândia em 2012. É que por vezes, bate a saudade (ainda que a palavra seja portuguesa, no meu caso, jamais este vocábulo se aplicou relativamente ao solo que me viu nascer). Aliás, a vontade é sempre a de sair. É quase como não conseguir dominar “aquele” estado de ansiedade a que o António Variações se referia. Os dias crescem e atingem o seu zénite (não o de Moscovo, pois que, como sabeis, eu abomino futebol) em dia de solstício, para depois, em estrita observância dos pressupostos astrobiológicos começarem a decrescer, até ao próximo solstício que marcará o triunfo do Sol Invencível.
E foi assim, nos interstícios oníricos típicos destes devaneios são joaninos que dei conta que hoje, 17 de Junho de 2014, é dia feriado nacional neste país boreal. Este é o dia em que se celebram os 70 anos da independência da Islândia, país que até essa data era administrado pela Dinamarca. O dia 17 de Junho foi escolhido em honra de Jon Sigurðsson, líder do movimento independentista e presidente do Alþingi, o parlamento nacional.

1 icelandPensando na obra” Luzifers Hofgesind” (A Corte de Lúcifer) de Otto Rahn

2 icelandJunto à estátua do explorador Leif Eriksson, o verdadeiro descobridor da América do Norte

OLYMPUS DIGITAL CAMERALeif Eriksson

4 icelandAve Islandesa nas imediações do Grande Geysir (sudoeste islandês)

4a icelandUm gato é sempre um gato, portanto, toca a agarrar o felino nórdico

5 icelandJunto à costa, em Reykjavík

6 icelandAqua Regia (acid free)

8 icelandThat pretty little horse

9 icelandHundur

10 icelandRecintado o “Hino ao Rei Sol” do Imperador Juliano, o Apóstata

11 icelandBrennivin (o nome diz tudo)

12 icelandEscutando a Guðrún com muita atenção

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÍsland

Ficam aqui os meus votos de feliz aniversário, bem como desejos de uma longa e próspera vida para a República da Islândia.
Para celebrar, e porque, efectivamente, de qualquer das maneiras as pessoas morrem (enquanto as nações perduram), escolhi um dos meus temas favoritos creditado a Current 93 & HÖH (aka Hilmar Örn Hilmarsson). “Anyway, People Die” integra o álbum “Island” (1990), e podeis escutá-lo no vídeo integrado nesta entrada.