Dia de Santo António

Hoje é dia de Santo António. Não me refiro ao de Lisboa, mas sim ao de Braga, obviamente. A verdade é que, na minha opinião, ainda está por fazer “A” hagiografia que renda “A” homenagem condigna a este santo popular. Santo profano, é certo, que, de forma aparentemente tão natural (na sua “contranatura”), conseguiu penetrar na psique colectiva lusitana enquanto arquétipo “outsider” de uma certa forma de génio e irreverência.
António morreu há exactamente 30 anos. Nas três décadas esvaziadas, subsequentes à sua morte, apenas se pode constatar que, “variações” precisam-se. Com urgência, de preferência!
Como poderia ter dito Vasco Santana “Oh, povo que vês a bola… ídolos? Ídolos já há muitos, seu palerma!”

Antonio VariaçõesAntónio Variações