Horto de Punhais

Sábado, 3 de Maio 2014, às 21h30
Lá Marmita – Vila Nova de Gaia

Nuno Marques Pinto– Voz
Angélica Vazquez Salvi– Harpa

Nuno & Angelica«No surrealismo português, mais propriamente chamado abjeccionismo por causa da abjecção que a pátria inspira, Mário Cesariny e António José Forte são dois relâmpagos demorados, dois rastilhos futuríveis, dois fulgores nunca extintos que percorrem a nossa noite mental, o nosso mal, estes medonhos abismos dos costumes blandícios.

Horto de Punhais convoca as suas vozes, mai-la de Nuno Pinto, para em palco exprimir, na úbere associação de fala e harpa – fala bradada de bardo, harpa arpoeira de sons –, o inaudito fragor em que se espelham ecos ocos, laços loucos, mortos moucos, enxergando-se por detrás, em tremeluz de tv, as figuras explicativas do desastre, a governação dos governados, o entretido povo pós-moderno que anda a precisar, comode pão para a boca, de um Ubu que lhe incendeie os miolos e que das tripas dos governantes faça condecorações.»

 – Júlio Henriques

Colaboração: 6€

Reservas: la.marmita.prod@gmail.com
Para informações adicionais consultem, por favor, a página FB do evento, AQUI.