O Arranca Corações # 82 “Pulvis Es Tu In Pulverem Reverteris”

Na madrugada do próximo Domingo, dia 13 de Abril, da 1h às 2h da manhã, vai para o ar mais uma emissão d’O Arranca Corações.

1-tumblr_lmj8yfQ2eh1qzyuvuo1_1280«Em Roma, na Igreja de S. António dos Portugueses, em 1672, o Padre António Vieira faz uma profunda reflexão sobre um dos temas mais frequentes da arte barroca: a morte, a efemeridade da vida e as vaidades humanas, como glosa da citação bíblica da Liturgia de quarta-feira de cinzas, na cerimónia de imposição das cinzas: “Memento Homo, quia pulvis es, et in pulverem reverteris.” A sua pregação religiosa torna-se em intervenção política numa acusação à acumulação de riquezas, às desigualdades sociais e numa violenta advertência à Igreja.
“Não será ousado dizer-se que Vieira escolheu ardentemente colocar a sua vida e a sua obra bem perto de uma subida noção de perfeição humana e de vontade de ser.” diz Margarida Vieira Mendes no seu admirável livro sobre o pregador. Segundo ela, para Vieira, o Pregador seria um arquétipo de perfeição, uma espécie de subtipo do protótipo do Santo. E de facto, ter vestido o hábito do Vieira e subido aos púlpitos onde ele pregou, para o filme “Palavra e Utopia” de Manoel de Oliveira, e andar por aí, como tenho andado, no nosso tempo, tão alheio à consciência da morte, a proclamar com o Sermão das Cinzas, nos antigos púlpitos das igrejas, que “somos pó”, tem-me ajudado a pensar e a viver. Acredito que quem quer ser lobo tem de lhe vestir a pele. É essa a minha razão de ser actor.»

Luis Miguel Cintra

Para esta edição d’O Arranca Corações escolhi uma selecção do Sermão de Quarta-Feira de Cinzas, da autoria do Padre António Vieira, recitado por Luís Miguel Cintra no Outono de 2010 na Igreja de S. Roque em Lisboa.

Para aqueles que não possam acompanhar a emissão online do programa deixo aqui as frequências de transmissão da NFM.

frequc3aancias-nfmA Rádio NFM faz bater mais forte o coração da música independente!